27 setembro 2020

brasil

Feedback vindo do coração, no Brasil

Recebemos estas fotos e histórias do Templo Kadampa para a Paz Mundial, no Brasil. As pessoas que o visitaram recentemente para fazerem retiro ou ajudar com o trabalho voluntário compartilharam as suas experiências de estarem nesse lugar especial. Leia os seus feedbacks emocionados e se inspire.

Beneficiar os Centros beneficia todos os seres vivos

Em breve, no dia 18 de outubro, será o  Trabalhe um Dia pela Paz Mundial – uma oportunidade para fazer uma contribuição para o desenvolvimento dos Centros Kadampas ao redor do mundo. Como Venerável Geshe Kelsang Gyatso diz, visto que os Centros Kadampas pertencem a todos os seres vivos, toda a vez que beneficiamos um Centro – não importa o quão pequena seja a nossa ajuda – estamos a beneficiar todos os seres vivos.

Fábio

1-1 - Fabio

Eu vim para o Templo para a Paz Mundial por razões pessoais, porque eu precisava me reequilibrar. Hoje, uma das minhas maiores alegrias é ver o sorriso e a paz que as pessoas sentem quando elas chegam para as aulas de meditação nos sábados pela manhã.

Fábio, RESIDENTE desde maio de 2020.

Carlos

7-7 - Carlos

"Eu decidi fazer um retiro solitário no CMK Brasil com o objetivo de melhorar a minha concentração em meditação, bem como manter silêncio enquanto faço as minhas práticas e durante os intervalos entre as sessões de meditação. Além do Templo para a Paz Mundial, este local inspirador tem todas as melhores condições para esse tipo de retiro".

Carlos, RETIRANTE SOLITÁRIO, em setembro de 2020.

Marx

4-4 - Marx

"Tendo a oportunidade de ser um retirante solitário no Chalé de Retiros, onde Venerável Geshe-la viveu durante duas semanas quando veio para inaugurar o Templo para a Paz Mundial, foi muito especial. Esse local é muito tão qualificado quando qualquer outro Centro Internacional de Retiro Kadampa. E é perto de casa".

Marx, RETIRANTE SOLITÁRIO, em julho de 2020

Elizabeth

2-2 - Elizabeth

"Eu já estudava o Programa Fundamental, com Gen Drime, por correspondência. Com o distanciamento social, causado pela pandemia, as condicões se reuniram para que eu viesse viver aqui e ter aulas presenciais. Após alguns meses estudando e meditando, senti que este é o  momento para fazer parte desses bons corações que estão aqui reunidos para trazer paz e harmonia para as pessoas destes tempos desafiantes. E então, decidi ficar!".

Elizabeth, RESIDENTE desde junho de 2020.

Thales

5-5 - Thales

"O meu querido amigo, Kelsang Dadrag, pediu-me para ajudar com reparos grandes e importantes nas paredes do Templo – e eu não hesitei. Sinto que esse convite é uma grande oportunidade para praticar e beneficiar todas as pessoas que visitam este lindo e inspirador lugar".

Thales, VOLUNTÁRIO da manutenção desde agosto de 2020.

Luiza, Bartolomeu & Alfredo

8-8 - Luisa

“Como já sou aposentada, resolvi desfrutar da paz e da possibilidade de crescimento espiritual pessoal neste lugar, onde me sinto mais do que bem-vinda. Sinto-me bem, feliz e motivada para estudar e meditar, enquanto aproveito para beneficiar os demais residentes, voluntários e visitantes com um pouco de trabalho voluntário. Bartolomeu e Alfredo, meus animais de estimação, também estão muito felizes e em paz, e até puderam ver os Budas do Templo! ”

Luiza, Bartolomeu e Alfredo, RESIDENTES desde setembro de 2020.

Pretinha

3-3 - Pretinha

“Quando eu descobri este lugar, cheio de pessoas amorosas, afetuosas e atenciosas, decidi ficar. E apesar de todas as suas tentativas para encontrar minha antiga casa, no final eles perceberam que minha verdadeira casa é aqui."

Pretinha, RESIDENTE desde janeiro de 2020.

Matheus & Daniel

6-6 - Matheus e Daniel

“Além de podermos curtir a companhia de nosso pai enquanto ele espera o recomeço das aulas presenciais, podemos estudar, empinar pipas, andar de bicicleta na areia e desfrutar da beleza e da paz dos campos, das colinas e do Templo.”

Mateus e Daniel, filhos de um RESIDENTE, agosto de 2020.

Odail

9-9 - Odail

“Estou aproveitando as minhas férias do trabalho para ter uma experiência agradável e significativa: desfrutar a companhia dos meus amigos da comunidade do CMK Brasil, participar de algumas práticas e aulas de meditação e, principalmente, ajudar a deixar o Templo mais bonito e seguro para os visitantes – fazendo alguns trabalhos de manutenção específicos, aumentando a minha concentração e melhorando a minha capacidade de apreciar os outros. ”

Odail, VOLUNTÁRIO da manutenção, em setembro de 2020.