23 outubro 2021

Banner-FALL-Festival-TARA

Dia 2 ~ Encontrando-se com Mãe Tara

Um Banquete de Deleite

Que maravilha! Na noite de ontem, cerca de 3.500 pessoas ao redor do mundo reuniram-se virtualmente para ouvir o ensinamento de abertura do Festival de Outono de 2021, dado por Gen-la Dekyong.

Gen-la explicou que ela começaria a ensinar uma prática muito rara baseada no comentário dado por Venerável Geshe Kelsang Gyatso Rinpoche em 1997. Ensinamentos que ela descreveu como sendo um "banquete de deleite".

Hoje, teremos duas meditações pela manhã e, depois, à tarde, Gen-la concederá a iniciação de Buda Tara Verde. Como somos afortunados!

podcast do festival

A path we create

Gen-la Dekyong
Gen-la Dekyong
A path we create
/

Creating our own path to liberation

o caminho para a libertação

Gen-la abriu o Festival com um ensinamento extraordinário sobre as bases do caminho para a libertação, explicando que libertação é a cessação completa do sofrimento e de suas causas – as nossas delusões.

Seguindo os ensinamentos do Venerável Geshe-la, ela explicou que há seis para realizarmos o caminho para a libertação. Ela então apresentou as três primeiras no ensinamento de abertura:

  1. Compreender formas – em especial, como superar o nosso desejo descontrolado por objetos dos sentidos;
  2. Compreender a mente primária – em especial, como compreender que a clareza – que é a natureza da mente – conduz-nos a uma compreensão das vidas passadas e futuras;
  3. Compreender os fatores mentais – em especial, como a mente designa, ou imputa, tudo.

A explicação da terceira base – ela disse – continuará durante a iniciação de hoje. Não podemos esperar!

vídeos

trechos de ensinamentos

A libertação permanente do sofrimento pode ser encontrada

vídeo em destaque

Não há homem, não há mulher

vídeos dos centros

CMK Barcelona

comunidade global

a família kadampa internacional on-line

Se quiser contribuir com um video story, photo story, flashes ou um insight, por favor envie para o e-mail  share@kadampafestivals.org.

photo stories

Steven, Estados Unidos

steven

Após perder a minha mãe no começo deste ano, dediquei bastante tempo confiando em minha mães espiritual, Arya Tara. O poder das bênçãos de Tara e o conforto que senti por estar na sua presença tem me ajudado a enfrentar e a lidar com a perda. Estou ansioso para receber a iniciação de Tara e os ensinamentos sobre o Powa de Tara, de modo que, quando a minha hora chegar, eu possa ter certeza de que estou dirigindo-me para a Terra Pura de Potala.

Laura, Colômbia

laura

Talvez não acreditemos que nós próprios ou os nossos amigos podemos morrer hoje. Mas Geshe-la bondosamente nos ensina a manter em nosso coração a possibilidade de que isto pode acontecer. Este mundo não é o nosso lar e, portanto, é um deleite enorme ter a oportunidade sem precedentes de treinar O Caminho para o Paraíso neste Festival.

Monika, Alemanha

monika

Estou muito feliz em receber a iniciação de Arya Tara. Nestes tempos impuros, cada um de nós deveria, realmente, receber esta iniciação.

Laura, Alemanha

WhatsApp Image 2021-10-19 at 08.45.55

Sinto-me muito abençoada por ter a oportunidade de participar do Festival de Outono de 2021 e de receber a iniciação de Tara Verde, a Veloz. Sinto que está é uma prática muito especial que descobriremos durante este Festival, de modo a maximizar as nossas chances de ir para um Terra Pura.

Marx, Brasil

IMG_20211022_212348903

Néctar, néctar, néctar! Obrigado, Venerável Geshe-la. Que todos os seres tenham a mesma oportunidade que eu tenho.

vídeos em destaque

CMK Tharpaland prepara-se para a iniciação

Flashes ao redor do mundo

insights

compartilhados

Utilize os botões na parte inferior ou deslize para obter mais

ESSE MUNDO NÃO É O MEU LAR

Dia após dia, ouvimos histórias de pessoas que encontram a morte e pensamos, erroneamente, que isso é algo que não vai acontecer conosco tão brevemente, num futuro próximo. Além disso, quando um de nossos amigos ou familiares morre, podemos não saber como navegar por essa perda e como treinar a nossa mente em aceitação, resiliência e, principalmente, sabedoria.

Talvez não acreditemos que nós próprios ou os nossos amigos podemos morrer hoje. Mas Geshe-la bondosamente nos ensina a manter em nosso coração a possibilidade de que isto pode acontecer. Portanto, este mundo não é o nosso lar.

Com isso em mente, é um deleite enorme ter a oportunidade sem precedentes de treinar O Caminho para o Paraíso, a prática de transferência de consciência (powa) de Arya Tara durante este Festival.

Enquanto treinarmos nesta prática especial, seremos capazes de ajudar a nós mesmos e aos outros na hora da morte, através de nos conectarmos com o coração de Guru Arya Tara. Ao longo dessa prática, desenvolveremos a capacidade de reunir as melhores condições para amadurecer nossas sementes virtuosas na hora da nossa morte e conectarmo-nos com o nosso verdadeiro potencial, que é puro e extraordinário.

LAURA, COLÔMBIA

EU ESTOU ME LIBERTANDO!

O caminho para o paraíso começa quando nos reconhecemos como viajantes. Quando compreendemos que o nosso lar não é aqui, porque não há um verdadeiro lar fora da nossa mente. Quando começamos a residir na Terra Pura do Lamrim. Em nossas vidas atribuladas, temos muitas distrações que fazem com que nos esqueçamos dessa visão pura, a visão pura que Buda vivo compassivamente nos ensina, de novo e de novo.

Porém, quando nos reunimos ao Festival Internacional da NTK, é como se realmente passássemos a residir em uma Terra Pura – a Terra Pura do Lamrim. Lembramo-nos novamente de quem realmente somos: somos afortunados que, pelas bênçãos do Guru, podemos relembrar visões corretas – que a verdadeira causa do nosso sofrimento são as nossas delusões, e não as condições externas, que o nosso corpo é forma, e por causa disso, ele cessa, mas que a nossa mente não tem forma e, por isso, ela nunca cessa.

Sobre esta base, podemos seguir a verdade: as vidas futuras existem, e elas estão vindo!

E então, uma certa mágica acontece. Eu sinto que durante o ensinamento, enquanto estou a ouvir as preciosas palavras de Dharma do Venerável Geshe-la, através de Gen-la Dekyong, "Buda [vivo] já está nos libertando", como o próprio Venerável Geshe-la diz no livro Budismo Moderno. Posso sentir a sensação de um certo nível de libertação – eu estou me libertando, eu estou me libertando! É tão inspirador este sentimento, porque ele já é o caminho interior que nos conduz para a verdadeira libertação.

Eu sinto como se as cordas que prendem esta minha forma humana, semelhante a um barco, a este mundo impuro estivessem sendo soltas, e que então eu posso cruzar este grande oceano da vida impura em direção à Terra Pura no coração de Mãe Tara.

E tudo isto começou porque eu me reuni a este Festival Internacional de Outono de 2021 da NTK e, através de saborear à medida que ouço as palavras sagradas do Venerável Geshe-la, que estou a residir na Terra Pura do Lamrim.

KADAM ANTONIO, PORTUGAL

Tara 3_motifs_flower