Home   →   News   →   

15 setembro 2020

os canadenses refletem sobre o seu festival

Que Festival Canadense maravilhoso! Cinco dias, uma iniciação, quatro poderosos ensinamentos com Gen-la Khyenrab, duas meditações matutinas e sete sessões de retiro. De British-Columbia a Montreal, passando pela Inglaterra, quantas mãos ajudaram a tornar este evento possível! Uma vez mais, podemos ver como nada pode acontecer sem a bondade dos outros.

Durante o último dia dos ensinamentos, Gen-la deu dois ensinamentos muito profundos sobre a verdadeira natureza das coisas – a vacuidade. Ele nos incentivou a contemplar profundamente como as coisas que normalmente vemos – as coisas inerentemente existentes – não existem.

Ele explicou as verdades convencionais – especialmente as verdades convencionais sutis –, a verdade última e terminou com um ensinamento sobre a união das duas verdades, a intenção última de Buda. Utilizando habilmente muitos exemplos práticos – nuvens no céu, arco-íris, o azul do céu, a analogia do mágico, a analogia do ator – ele então concluiu fazendo com que esses ensinamentos se tornem significativos para a nossa vida diária.

Obrigado, Gen-la, por esta grande festa de deleite!

Concluímos o dia com uma maravilhosa comunidade on-line, onde mais de 60 pessoas se reuniram para compartilhar o que melhor aproveitaram do festival! Que bom nos conectarmos uns com os outros! Leia alguns desses comentários abaixo.

Agora estamos terminando o Festival com sessões de retiro conduzidas por Gen Kelsang Chögyan, com o propósito de aplicar imediatamente o que aprendemos e manter o continuum das bênçãos de Manjushri.

Obrigado, Geshe-la, por todas as oportunidades de aprofundar a nossa prática de Dharma através de ajudar a organizar estes eventos; de receber preciosos ensinamentos de Dharma; e de aprender a como receber bênçãos contínuas ao longo da nossa vida diária.

O que eles estão dizendo

Roberta Estou muito feliz por ver todos vocês! Há tantas pessoas que eu não tenho visto há tanto tempo, e estou me sentindo tão bem em vê-los. Ser um kadampa é sobre ser uma comunidade, e a nossa comunidade vai muito além do que o nosso próprio Centro.

Sarah Eu estou amando isto. Eu me regozijo com o fato de que temos acesso a tudo e que, para isso, não tivemos de viajar. É fantástico! Estou realmente tentando identificar-me com o meu corpo e mente puros.

Alex Eu comecei na Tradição Kadampa mais ou menos este ano, e tem sido uma jornada incrível. Apenas aguardando compartilhar uma experiência que acabei de ter. Fiz uma caminhada após o nosso último ensinamento e olhei para tudo ao meu redor como uma emanação da vacuidade. É incrível como tudo ao meu redor parecia mais extasiante, maravilhoso e colorido. É tão bom receber esses ensinamentos. Eles costumam dizer que o Festival é uma festa – cara, é mais do que uma festa!

Judi Achei o último ensinamento bastante profundo. Já ouvi muitos ensinamentos sobre a vacuidade, mas, por alguma razão, parece que agora compreendi realmente a verdade convencional. Não sei o porquê; pensava que o havia feito antes, mas parece-me que agora fomos mais profundamente. Mero nome é apenas designação, imputação – eu já havia compreendido isso antes, eu pensava, mas agora parece que fui a um nível muito mais profundo. Fiquei muito, muito tocada por isso; particularmente, pelo último ensinamento.

Sandra Talvez estivéssemos pensando que ter um Festival on-line seria um pouco mais fácil. Para as pessoas que não estavam realmente envolvidas na montagem – não acho que houvesse muitos que não estivessem – para aqueles que não estavam, seria realmente maravilhoso saber o tanto trabalho foi necessário para montar este Festival.

Muitas pessoas estiveram envolvidas durante semanas para que o Festival acontecesse, de um muitas maneiras diferentes que talvez você nem possa imaginar. Apenas transcrever todos os ensinamentos e, em seguida, traduzi-los, e depois colocar as legendas ocultas, e depois verificar as legendas. Havia tanta coisa acontecendo – e fomos assim até o último momento.

Julia Agradeço o que você disse sobre a montagem do Festival, porque é apenas mais um exemplo das causas e condições necessárias para fazer qualquer coisa – e este é um magnífico objeto produzido.

Gen Delek É tão maravilhoso ouvir ensinamentos sobre a vacuidade. Quantas vezes lemos esses ensinamentos, mas ser capaz de sentar e ouvir, e apenas ouvir de novo – isso sempre faz alguma diferença – e de uma maneira diferente ou mais profunda. E por tudo isso estou realmente apreciando os ensinamentos de Gen-la.

Melodie Uma coisa que me tocou no início foi quando Gen-la apenas disse que iria ler repetidamente as frases “As coisas que normalmente vejo nos sonhos ..” e apenas dizer isso – normalmente, pulamos essa parte porque está na Introdução do livro – e, para mim, foi um bom lembrete de que há um tesouro nessas partes dos livros que estamos a pular. Fiquei muito feliz em memorizar toda aquela frase.

Rigden Quando Gen-la estava dizendo “Imagine ser um meditador qualificado, estritamente focado e absorto na vacuidade” e todas as qualidades que podemos ter... E foi bom pensar que posso me imaginar sendo esse meditador, em vez de pensar “eu não sou esse meditador”. Eu fiquei inspirado.