Budismo Kadampa

O site oficial da Nova Tradição Kadampa -
União Budista Kadampa Internacional
Fundador: Venerável Geshe Kelsang Gyatso

As práticas de Heruka & Vajrayoguini

As práticas de Buda Heruka e Buda Vajrayoguini são práticas do tantra ioga superior do Budismo Kadampa.

A prática de Buda Heruka foi explicada no livro de Geshe Kelsang’s, Essência do Vajrayana. E a prática de Buda Vajrayoguini foi explicada no livro Guia à Terra Dakini.

Iniciação

Antes de fazer qualquer uma dessas práticas é necessário receber uma iniciação e instruções de um qualificado Guia Espiritual. Essas iniciações são dadas de dois em dois anos nos Festivais Internacionais Kadampa, e eventualmente em outras ocasiões.

Sobre Buda Heruka

Trecho do livro Essência do Vajrayana

O termo sânscrito “Heruka” é composto de três sílabas: he, ru e ka. “He” ensina a vacuidade dos fenômenos em geral e “ru”, a vacuidade de pessoas em particular; juntos, eles revelam a vacuidade de todos os fenômenos. “Ka” refere-se à união da mente de grande êxtase de Heruka e da vacuidade de todos os fenômenos. Essa união é o corpo-verdade de Heruka. Um eu, ou self, imputado a esse corpo-verdade é o Heruka definitivo, a real natureza de Buda Heruka. Isso só pode ser visto pelos Budas.

Outro termo para Heruka é “Chakrassambara”. “Chakra” significa roda e, neste contexto, refere-se à roda de todos os fenômenos. “Sambara” significa o êxtase supremo, que é chamado de “grande êxtase espontâneo”. Juntos os termos “Chakra” e “Sambara” revelam que, praticando o Tantra Heruka obtemos uma profunda realização que experiencia todos os fenômenos como sendo uma única natureza com nossa mente de grande êxtase. Essa realização elimina diretamente as aparências duais sutis da nossa mente, e por causa disso tornamo-nos rapidamente o Heruka definitivo.

Para conduzir discípulos afortunados ao estado de Buda Heruka numa única vida, Buda Vajradara manifestou sua compaixão sob a forma do Heruka interpretativo, que tem um corpo azul, quatro faces e doze braços e abraça sua consorte, Vajravarahi. A aquisição do estado de Buda Heruka depende de abandonarmos os doze elos dependente-relacionados do samsara, obtendo as realizações das quatro portas da libertação; e depende, em particular, de realizarmos a união de grande êxtase e vacuidade. Esses pontos são simbolizados respectivamente pelos doze braços de Heruka, suas quatro faces e seu abraço com Vajravarahi.

É possível que aqueles que não compreendem o significado profundo dos ensinamentos vajrayana de Buda sintam-se incomodados com o aspecto irado de Heruka. Tais praticantes precisam compreender que todos os fenômenos são iguais na ausência de existência inerente. Na verdade última, vacuidade, não existem aspectos irados ou pacíficos, porque todos os fenômenos são da uma única natureza. Portanto, quem conhece profundamente a verdade última não tem razão para gerar sensações desagradáveis quando percebe objetos repulsivos, porque eles compreendem que, do ponto de vista último, não existem objetos verdadeiramente existentes não-atraentes ou atraentes.

Por exemplo, embora o longo colar de cabeças humanas de Heruka possa parecer real, de fato, ele é uma manifestação da sabedoria onisciente de Heruka. Todos os vários aspectos do corpo de Heruka são meramente manifestações da sua sabedoria onisciente e não existem fora da sua mente. Para os praticantes sinceros, contudo, visualizar o aspecto irado de Heruka é um método poderoso para que recebam rapidamente suas bênçãos e proteção. Foi por essa razão, e também para demonstrar de uma maneira visível como progredir ao longo do caminho do sutra e do tantra, que Buda Vajradara emanou a deidade irada Heruka.

Buda Vajradara, Buda Shakyamuni e Buda Heruka são a mesma pessoa, o que diferindo apenas no aspecto. Quando girou a Roda do Darma do sutra, Buda apareceu como uma pessoa ordenada, quando girou a Roda do Darma do tantra, apareceu como Vajradara, e quando girou, em particular, a Roda do Darma do Tantra Heruka, apareceu como Heruka.

Heruka é a mente de compaixão de Buda manifestada como forma. Somente os Budas têm a habilidade de mostrar suas mentes como forma. Nós, os seres sencientes, somos incapazes de fazer isso, porque nossa mente e nosso corpo são diferentes naturezas, mas a mente e o corpo de um Buda são a mesma natureza e, por isso, aonde suas mentes forem, o corpo também irá. Percebemos sempre uma distanciamento entre nossa mente e seu objeto. Isso é uma percepção equivocada, ou aparência equivocada. Por terem abandonado por completo essa percepção equivocada, os Budas têm a habilidade de apresentar sua mente no aspecto de forma, como a forma de um ser vivo ou de um objeto inanimado. Por essa razão, diz-se que as emanações dos Budas permeiam o universo inteiro.

A mente de sabedoria onisciente de Buda tem 37 partes, conhecidas como suas “37 realizações conducentes à iluminação”. Essas 37 realizações aparecem como as 37 deidades do mandala de Heruka. Dizemos normalmente que existem 62 deidades no mandala de Heruka, mas se contarmos cada união de Pai e Mãe como uma deidade, teremos 37 deidades. As 37 realizações conducentes à iluminação dos Bodissatvas são caminhos causais e as 37 realizações dos Budas são caminhos resultantes. Uma explicação geral sobre essas realizações pode ser encontrada no livro Oceano de néctar.

Sobre Buda Vajrayoguini

Trecho do livro Guia à Terra Dakini

Os dois estágios da prática de Vajrayoguini foram ensinados originalmente por Buda Vajradara. Ele manifestou-se na forma de Heruka para expor o Tantra raiz de Heruka, e foi neste tantra que ele explicou a prática de Vajrayoguini. As muitas linhagens de instruções sobre Vajrayoguini remontam a essa revelação inicial. Entre essas linhagens, existem três que são mais freqüentemente praticadas: a linhagem Narokhachö, que foi transmitida de Vajrayoguini a Naropa; a Maitrikhachö, que foi transmitida de Vajrayoguini a Maitripa; e a Indrakhachö, que foi transmitida de Vajrayoguini a Indrabodhi. Este comentário aos estágios de geração e de conclusão da prática do tantra ioga superior de Vajrayoguini foi baseada nas instruções da linhagem Narokhachö.

As instruções sobre a prática de Vajrayoguini contêm meditações concisas e claras que são relativamente fáceis de serem praticadas. O mantra é curto e fácil de ser recitado, e as visualizações do mandala, a Deidade, e o mandala de corpo são simples quando comparados com as outras deidades do tantra ioga superior. Até praticantes com habilidades limitadas e pouca sabedoria podem se engajar nessas práticas sem grande dificuldade.

A prática de Vajrayogini rapidamente traz bênçãos, em especial durante estes tempos espiritualmente degenerados. Diz-se que, conforme o nível de espiritualidade geral decai, torna-se cada vez mais difícil recebermos as bênçãos de outras deidades; mas no caso de Heruka e Vajrayoguini o oposto acontece – quanto mais os tempos se degeneram, mais facilmente os praticantes recebem suas bênçãos.

Sempre que apresentava um tantra, Vajradara emanava o mandala a ele associado e, depois de completar o discurso, o reabsorvia. Quando expôs, por exemplo, o Tantra raiz de Kalachakra, ele emanou o mandala de Kalachakra e, quando terminou, o reabsorveu. No entanto, ele não reabsorveu os mandalas de Heruka ou Vajrayoguini. Esses mandalas ainda existem em vários lugares espalhados pelo mundo, como nos 24 lugares sagrados. Por causa disso, os seres humanos deste mundo têm uma relação especial com Heruka e Vajrayoguini e podem receber rapidamente suas bênçãos. Além disso,Vajradara prometeu no Tantra raiz de Heruka que, no futuro, quando os tempos se tornassem espiritualmente degenerados, Heruka e Vajrayoguini concederiam bênçãos àqueles com forte apego.

Em geral, conforme aumenta o número de gurus-linhagem de uma deidade, as bênçãos dessa Deidade levam mais tempo para chegar aos praticantes; mas quanto maior for o número de Gurus linhagem de Heruka e Vajrayoguini, mais rapidamente os praticantes recebem suas bênçãos.”

Budistas

O espaço de aprendizagem

Como Meditar
Retiro de Meditação
Sugestão para um programa de retiros
Sessão de Meditação
Preparação para Meditar
Postura de Meditação
Convicções Budistas
O que é mente?
Reencarnação
Compaixão
Renúncia
Carma
Sobre Buda
Os Ensinamentos de Buda
A Iluminação de Buda
Ordenação de Buda
Renúncia de Buda
O Nascimento de Buda
Mais
Glossário de termos budistas
Arte budista
Sobre o Tantra
Livros sobre o tantra
Mestres Tântricos
Apego & Tantra
Níveis do Tantra
Tantra autêntico
Sobre o Darma
Publicações sobre o Darma
Centros de Darma
A prática do Darma
A Roda do Darma
Budadarma