Budismo Kadampa

O site oficial da Nova Tradição Kadampa -
União Budista Kadampa Internacional
Fundador: Venerável Geshe Kelsang Gyatso

Sobre Buda

Em Introdução ao Budismo, Geshe Kelsang Gyatso explica:

Em geral, Buda significa “O Desperto”, alguém que despertou do sono da ignorância e vê as coisas como elas são de fato. Um Buda é uma pessoa completamente livre de todas as falhas e obstruções mentais. Há muitas pessoas que se tornaram Budas no passado e muitas se tornarão Budas no futuro.

Não existe nada que Buda não conheça. Porque despertou do sono da ignorância e removeu todas as obstruções de sua mente, ele conhece tudo sobre o passado, o presente e o futuro, direta e simultaneamente.

Além do mais, Buda possui grande compaixão, que é completamente imparcial e abrange todos os seres vivos, sem discriminação. Ele beneficia todos os seres vivos sem exceção por meio das várias formas que emana pelo universo e das bênçãos que derrama sobre suas mentes. Ao receber as bênçãos de Buda todos os seres, mesmo os animais, às vezes desenvolvem estados mentais pacíficos e virtuosos.

Finalmente, ao encontrar uma emanação de Buda sob a forma de Guia Espiritual, todos terão a oportunidade de entrar no caminho que conduz à libertação e à iluminação. Conforme disse o grande erudito Budista Indiano Nagarjuna, não há ninguém que não tenha recebido ajuda de Buda.

Não é possível descrever todas as boas qualidades de um Buda. A compaixão, a sabedoria e o poder de um Buda estão completamente além de qualquer concepção. Sem nada que possa obscurecer sua mente, ele vê todos os fenômenos do universo tão claramente como uma jóia na palma de sua mão.

Por meio da força de sua compaixão, um Buda executa espontaneamente o que for apropriado para beneficiar os outros. Ele não precisa pensar sobre qual é o melhor modo de ajudar os seres vivos – ele age naturalmente e sem esforço da maneira mais benéfica. Assim como o sol não precisa se automotivar para irradiar luz e calor, mas simplesmente o faz porque luz e calor são sua própria natureza, um Buda não necessita de automotivação para beneficiar os outros simplesmente porque essa é sua própria natureza.

Assim como a lua reflete-se sobre a água sem esforço, as emanações de Buda aparecem espontaneamente onde quer que as mentes dos seres vivos sejam capazes de percebê-las. Os Budas podem emanar-se sob qualquer forma para ajudar os seres vivos.

Às vezes manifestam-se como budistas e outras como não-budistas. Podem manifestar-se como homens ou mulheres, monarcas ou mendigos, cidadãos que cumprem as leis ou criminosos. Podem até mesmo se manifestar como animais, vento, chuva, montanhas ou ilhas. A menos que nós mesmos sejamos um Buda, não poderemos dizer quem, ou o quê, é uma emanação dele.

De todas as maneiras pelas quais um Buda ajuda os seres vivos, a suprema é como emanação na forma de um Guia Espiritual. Por meio de seus ensinamentos e de seu exemplo imaculado, um autêntico Guia Espiritual conduz seus discípulos pelo caminho espiritual rumo à libertação e à iluminação.

Se encontrarmos um Guia Espiritual mahayana qualificado e colocarmos em prática todos os seus ensinamentos, certamente atingiremos a plena iluminação e tornar-nos-emos um Buda Conquistador. Estaremos então em condições de retribuir a bondade de todos os seres vivos livrando-os dos sofrimentos do samsara e conduzindo-os ao êxtase supremo da budeidade.

Para saber mais sobre Buda, veja Introdução ao Budismo.

O espaço de aprendizagem

O espaço de aprendizagem

Como Meditar
Retiro de Meditação
Sugestão para um programa de retiros
Sessão de Meditação
Preparação para Meditar
Postura de Meditação
Convicções Budistas
O que é mente?
Reencarnação
Compaixão
Renúncia
Carma
Sobre Buda
Os Ensinamentos de Buda
A Iluminação de Buda
Ordenação de Buda
Renúncia de Buda
O Nascimento de Buda
Mais
Glossário de termos budistas
Arte budista
Sobre o Tantra
Livros sobre o tantra
Mestres Tântricos
Apego & Tantra
Níveis do Tantra
Tantra autêntico
Sobre o Darma
Publicações sobre o Darma
Centros de Darma
A prática do Darma
A Roda do Darma
Budadarma