A empresa de demolição retirou uma caçamba de 4 toneladas.

Alfredo, o supervisor.

A primeira coisa a sair é o tablado. Ele vai ser removido, e o chão, reforçado para agüentar o altar…

Não há nada embaixo do tablado, a não ser a sala da caldeira e o teto da cozinha…

O andaime é montado para que a madeira que recobre as vigas seja removida.

As armações de aço estão sob o revestimento de madeira.

O revestimento é trazido para baixo com cuidado para não danificar o assoalho de madeira. O chão será retirado e colocado na área social do andar de baixo.

Embora as armações sejam de aço, as vigas (ao longo do comprimento da construção) são de madeira recobertas pelo revestimento de madeira.

As armações de aço se juntam à viga.

O telhado sobre o futuro altar.

As armações descobertas.

Aqui está o futuro altar. O teto sobre o tablado foi removido.

Este é o foyer da entrada principal do Templo. A escrivaninha ainda está lá, porque era muito grande para passar pela porta da pequena sala onde estava.

Essa escada levará à segunda sala de meditação, hoje um mezanino.

A vista do altar. Buda está na caixa à direita na foto.

A demolição terminará em agosto. Nas próximas semanas o assoalho de madeira da sala de meditação será removido por voluntários e guardado. No outono, ele será colocado no porão.

Durante o mês de agosto, os engenheiros estarão desenhando as plantas estrutural, mecânica e elétrica para os sistemas estrutural e de calefação. Assim que as plantas forem aprovadas e as licenças concedidas, começaremos a construir o Templo.

Em agosto, CKMCC vai comprar uma outra Casa de Darma do outro lado da rua da Casa de Darma que já existe, há alguns quarteirões do Templo. Nosso próximo informativo trará fotos dessa nova casa e das reformas.|a|simple|table|