Budismo Kadampa

O site oficial da Nova Tradição Kadampa -
União Budista Kadampa Internacional
Fundador: Venerável Geshe Kelsang Gyatso

O Protetor do Darma

Os praticantes Kadampa tradicionalmente fazem oferendas e pedidos ao Protetor do Darma Dorje Shugden.

O objetivo dessa prática é remover obstáculos e reunir todas as condições favoráveis para a prática espiritual.

Centros Budistas Kadampa do mundo inteiro praticam três sadanas ao Protetor do Darma: Jóia Coração, Jóia dos Desejos, e Tambores Melodiosos.

Sobre o Protetor do Darma Dorje Shugden

Protetor do Darma é uma emanação de um Buda ou Bodissatva. Suas principais funções são evitar os obstáculos interiores e exteriores que impossibilitam as realizações espirituais dos praticantes e prover todas as condições necessárias à prática do Darma.

No Tibete, cada monastério tinha seu próprio Protetor, mas a tradição não começou lá. Os mahayanistas da antiga Índia também recorriam aos Protetores do Darma para eliminar impedimentos e satisfazer seus desejos espirituais.

Algumas deidades mundanas são simpáticas ao budismo e ajudam os praticantes, mas elas não são autênticos Protetores do Darma. Essas deidades são capazes de aumentar as riquezas dos praticantes e ajudá-los a obter sucesso em atividades materiais, mas não têm sabedoria nem o poder para proteger o desenvolvimento do Darma em suas mentes.

Esse Darma interior – as experiências de grande compaixão ou bodichita ou a sabedoria que realiza a vacuidade – é o que importa e deve ser protegido. Condições exteriores são de importância secundária.
Embora possam ter boa motivação, deidades mundanas não têm sabedoria e, por isso, a ajuda exterior que prestam, na realidade, pode atrapalhar a aquisição de autênticas realizações. Se tais deidades não possuem elas próprias realizações de Darma, como poderiam ser Protetores do Darma?

É claro que os verdadeiros Protetores do Darma tem que ser emanações de Budas ou Bodissatvas. Tais Protetores possuem grande poder para proteger o budadarma e seus praticantes. Entretanto, a extensão da ajuda que receberemos depende da fé e convicção que temos neles. Para receber proteção plena, precisamos confiar nos Protetores com uma devoção contínua e inabalável.

Os Budas manifestam-se sob a forma de diversos Protetores do Darma, tais como Mahakala, Kalarupa, Kalindewi e Dorje Shugden. O principal Protetor da linhagem de Je Tsongkhapa, desde quando ele estava vivo até a época do I Panchen Lama, Losang Chökyi Gyaltsen, foi Kalarupa. Mais tarde, contudo, diversos lamas acharam que Dorje Shugden se tornara o principal Protetor do Darma dessa tradição.

A compaixão, sabedoria e poder dos diversos Protetores do Darma não diferem, mas, conforme a época e o carma dos seres, um Protetor ou outro terá mais chance de ajudar os praticantes.

Para entender melhor esse ponto podemos pensar no exemplo de Buda Shakyamuni. Antigamente, os seres deste mundo tinham carma para ver o corpo-emanação supremo de Buda Shakyamuni e receber ensinamentos diretamente dele.

Hoje em dia, não temos mais esse carma e, por isso, os Budas aparecem-nos como um Guia Espiritual e ajudam-nos por meio de ensinamentos e orientações nos caminhos espirituais. Vemos, assim, que Buda nos ajuda de acordo com nosso carma instável, mas que a essência desse auxílio permanece sempre a mesma.

Entre os Protetores do Darma, Mahakala de quatro faces, Kalarupa e Dorje Shugden possuem a mesma natureza, pois os três são emanações de Manjushri.

Contudo, os seres da época atual têm uma conexão cármica mais forte com Dorje Shugden. Foi por isso que Morchen Dorjechang Kunga Lhundrup, um mestre altamente realizado da tradição Sakya, disse a seus discípulos: “Agora é a hora de confiar em Dorje Shugden”. Repetiu esse conselho em diversas ocasiões para encorajar os discípulos a gerarem fé na prática de Dorje Shugden.

Nós também devemos acatar essa orientação e segui-la sinceramente.
As palavras de Morchen Dorjechang Kunga Lhundrup foram muito claras – ele não disse que é hora de confiar em nenhum outro Protetor, mas afirmou categoricamente que é hora de confiar em Dorje Shugden. Muitos lamas importantes e diversos monastérios da tradição Sakya têm confiado sinceramente em Dorje Shugden.

Mais recentemente, o maior divulgador da prática de Dorje Shugden foi o falecido Trijang Dorjechang – Guru raiz de muitos praticantes gelugpas, desde humildes noviços até elevados lamas. Ele encorajou todos os seus discípulos a confiarem em Dorje Shugden e concedeu diversas iniciações desse Protetor.

Quando já tinha uma idade avançada, escreveu um longo texto para impedir que a prática de Dorje Shugden se degenerasse. O texto, intitulado Sinfonia que deleita um oceano de Conquistadores, é um comentário à prece de louvor a Dorje Shugden, Éons Infinitos, escrita por Tagpo Kelsang Khedrub Rinpoche.

Natureza e função do Protetor do Darma

Algumas pessoas acreditam que Dorje Shugden é uma emanação de Manjushri que se apresenta sob o aspecto de um ser mundano, mas isso é incorreto. Até a forma de Dorje Shugden revela as etapas completas do caminho do sutra e do tantra e seres mundanos não possuem tais qualidades em suas formas.

Dorje Shugden aparece sob o aspecto de um monge plenamente ordenado, mostrando que a prática de pura disciplina moral é essencial para os que desejam atingir a iluminação. Em sua mão esquerda, segura um coração, que simboliza grande compaixão e grande êxtase espontâneo, a essência de todas as etapas do caminho vasto do Sutra e do Tantra.

Seu chapéu redondo amarelo representa o ponto de vista de Nagarjuna e a espada de sabedoria em sua mão direita ensina-nos que devemos cortar a ignorância, a raiz do samsara, com a lâmina afiada da visão de Nagarjuna.
Esses pontos constituem a essência de todas as etapas do caminho profundo do Sutra e do Tantra.

Dorje Shugden monta um leão de neve, símbolo dos quatro destemores de um Buda. Em seu braço esquerdo, repousa uma jóia que tem a forma de um mangusto-cuspidor, indicando seu poder de dar saúde aos que confiam nele. O olho no centro da testa representa sua sabedoria onisciente, que compreende, direta e simultaneamente, todos os fenômenos passados, presentes e futuros.

A expressão irada significa que ele destrói a ignorância, o verdadeiro inimigo de todos os seres vivos, abençoando-os com grande sabedoria; indica, também, que extingue os obstáculos que obstruem a prática dos sinceros seguidores do Darma.

Os Benefícios de Confiar em Dorje Shugden

Se compreendermos bem a natureza e as funções de Dorje Shugden, também compreenderemos os benefícios de confiar nele. Dorje Shugden sempre ajuda, guia e protege os praticantes puros e sinceros, concedendo-lhes bênçãos, aumentando sua sabedoria, satisfazendo seus desejos e concedendo-lhes sucesso em todas as suas atividades virtuosas.

Não podemos dizer que Dorje Shugden ajude apenas os Kadampas; por ser um Buda, ele ajuda todos os seres vivos, sejam eles budistas ou não. O sol beneficia todos, até os cegos, dando-lhes calor e amadurecendo as plantas que lhes servem de alimento; mas pudessem eles enxergar, quão mais óbvios seriam esses benefícios!

De modo análogo, embora Dorje Shugden proteja mesmo aqueles que não fazem qualquer esforço para confiar nele, quando nossos olhos de fé se abrem, tornamos-nos gradualmente mais conscientes da ajuda que estamos recebendo.

Se desejarmos sinceramente experienciar os benefícios de confiar em Dorje Shugden, devemos fazê-lo com constância durante um longo período, aperfeiçoando com firmeza a nossa conexão. Desse modo, começaremos a notar sua influência benéfica em nossas vidas.

É preciso compreender que a principal função de um Protetor do Darma é a de proteger nossa prática de Darma e não a de nos ajudar em negócios mundanos. Com isso em mente, não vamos desanimar caso a riqueza não nos bata à porta, pois riqueza não ajuda necessariamente nossa prática espiritual; pelo contrário, pode até tornar-se um motivo de grande distração.

Se confiarmos sinceramente em Dorje Shugden, ele providenciará as condições que forem mais adequadas à nossa prática de Darma; Contudo, é bom saber que tais condições não serão necessariamente aquelas que nós mesmos escolheríamos! Dorje Shugden abençoa nossas mentes para nos ajudar a transformar situações difíceis em caminho espiritual e abre os olhos de sabedoria de seus seguidores devotos, capacitando-os a sempre tomarem as decisões corretas.

Para aprender mais sobre Dorje Shugden, leia Jóia Coração de Geshe Kelsang Gyatso.

Budistas

O espaço de aprendizagem

Como Meditar
Retiro de Meditação
Sugestão para um programa de retiros
Sessão de Meditação
Preparação para Meditar
Postura de Meditação
Convicções Budistas
O que é mente?
Reencarnação
Compaixão
Renúncia
Carma
Sobre Buda
Os Ensinamentos de Buda
A Iluminação de Buda
Ordenação de Buda
Renúncia de Buda
O Nascimento de Buda
Mais
Glossário de termos budistas
Arte budista
Sobre o Tantra
Livros sobre o tantra
Mestres Tântricos
Apego & Tantra
Níveis do Tantra
Tantra autêntico
Sobre o Darma
Publicações sobre o Darma
Centros de Darma
A prática do Darma
A Roda do Darma
Budadarma