Budismo Kadampa

O site oficial da Nova Tradição Kadampa -
União Budista Kadampa Internacional
Fundador: Venerável Geshe Kelsang Gyatso

Dia de Je Tsongkhapa

Dia 25 de outubro é o dia de Je Tsongkhapa em que lembramos sua imensa bondade Je Tsongkhapa.

O trecho a seguir foi extraído de uma palestra dada pelo Venerável Geshe Kelsang Gyatso no dia de Je Tsongkhapa em 1996 no Manjushri KMC .

‘Antes de Je Tsongkhapa surgir no Tibete, muitos estudiosos e praticantes tibetanos já sabiam que ele viria por causa das predições feitas por Buda Shakyamuni de que no futuro Manjushri apareceria como o Lama tibetano Je Tsongkhapa.

Vocês devem se lembrar que Buda, no seu Tantra raiz de Manjushri disse a seu discípulo-coração Manjushri:

Depois de minha morte
E quando minha doutrina pura estiver ausente,
Tu aparecerás como um ser comum,
Que executará os feitos de um Buda
E fundará a Terra Alegre, o Grande Protetor,
Na Terra das Neves.

‘Terra das Neves’ refere-se ao Tibete, e ‘Terra Alegre’ refere-se tanto ao Monastério Ganden como à doutrina Ganden, o grande Protetor.

Buda estava dizendo que no futuro, depois que ele tivesse morrido e que sua doutrina pura tivesse acabado, nessa época, Manjushri apareceria sob o aspecto de um ser comum. Mas um ser comum que executaria as mesmas ações que um Buda e que, em particular, estabeleceria no Tibete o monastério Ganden e o grande Protetor, a doutrina Ganden, ou o Darma de Je Tsongkhapa.

Memorizar e contemplar com profundidade o significado das palavras de Buda nos trará aconselhamento, um bom sentimento e uma profunda compreensão. Quando ele diz que Manjushri apareceria como um ser comum, mas que executaria os feitos de um Buda, ele está descrevendo uma característica específica de Je Tsongkhapa.

Embora Je Tsongkhapa tivesse as mais elevadas realizações do tantra ioga superior, ele nunca demonstrava fisicamente que era um iogue tântrico. Viveu como um praticante comum e puro, enfatizando em sua aparência exterior a prática de pura disciplina moral. Contudo, sua vida diária era a de um Bodissatva e sua realização interior de experienciar a união de grande êxtase e vacuidade dia e noite era a verdadeira essência do tantra ioga superior.

Ele já havia obtido essa experiência em vidas anteriores, mas apareceu como um Lama tibetano para mostrar claramente um exemplo especial de como iniciar, fazer progressos e completar as etapas do caminho à iluminação.

Ele apareceu como um ser humano comum para o benefício de seus futuros seguidores. Buda Shakyamuni também fez o mesmo. Ele nasceu aparentemente como um ser humano comum, tornou-se uma pessoa ordenada, praticou meditação e, por fim, demonstrou como alcançar a iluminação.

A maioria de vocês conhece a história da vida de Buda: como ele se ordenou, praticou meditação em retiro por seis anos e, por fim, alcançou a iluminação em Bodh Gaya sob a árvore Bodhi.

A maneira como Je Tsongkhapa demonstrou ter alcançado a iluminação foi um pouco diferente. Ele não mostrou que havia alcançado a iluminação durante esta vida, mas o fez enquanto estava morrendo.

Quando chegou a hora de deixar seu corpo velho e denso, que veio dos seus pais, as pessoas comuns pensaram que ele estava morrendo, mas, nesse momento, em vez de experienciar a clara luz da morte que é experienciada pelos seres comuns durante o processo da morte, ele experienciou a clara luz exemplo último.

Desse estado, em vez de surgir da clara luz da morte sob a forma de um ser do bardo, ou estado intermediário, ele apareceu sob a forma do corpo ilusório. Desse estado, em vez de ter um renascimento comum, ele alcançou o corpo-emanação de um Buda. Foi assim que ele mostrou como alcançar a iluminação.

Ele mostrou essa maneira de alcançar a iluminação por razões específicas que iriam ajudar seus futuros seguidores. Contudo, muitos dos seus discípulos diretos, bem como muitos dos seus futuros seguidores, inclusive Guialwa Ensapa, por exemplo, alcançaram a iluminação antes da morte. Como expliquei muitas vezes, Guialwa Ensapa completou seu treino no tantra ioga superior e alcançou a plena iluminação em três anos, e não esperou até a hora da sua morte.

Há muitas diferentes maneiras de alcançar a iluminação. Visto que muitos dos seus discípulos eram ordenados, Je Tsongkhapa queria dar um bom exemplo específico aos seus discípulos ordenados. Assim, ele mostrou como alcançar a iluminação na hora da morte em vez de alcançar a iluminação antes da morte.

Hoje lembramos a grande bondade de Je Tsongkhapa e dedicamos todas as nossas ações virtuosas, inclusive o puja de hoje à noite, para que seu Darma floresça por todo o mundo e ofereça a muitos seres vivos a grande oportunidade de alcançar a libertação e a plena iluminação’.

Budistas

O espaço de aprendizagem

Como Meditar
Retiro de Meditação
Sugestão para um programa de retiros
Sessão de Meditação
Preparação para Meditar
Postura de Meditação
Convicções Budistas
O que é mente?
Reencarnação
Compaixão
Renúncia
Carma
Sobre Buda
Os Ensinamentos de Buda
A Iluminação de Buda
Ordenação de Buda
Renúncia de Buda
O Nascimento de Buda
Mais
Glossário de termos budistas
Arte budista
Sobre o Tantra
Livros sobre o tantra
Mestres Tântricos
Apego & Tantra
Níveis do Tantra
Tantra autêntico
Sobre o Darma
Publicações sobre o Darma
Centros de Darma
A prática do Darma
A Roda do Darma
Budadarma